Coisas de Naele

“Batalha Espiritual”

Posted on: 15/02/2008

“Antes do diabo fazer raiva em você, faça raiva nele obedecendo a Palavra de Deus.”

Há dias que verdadeiramente enfrentamos o pior da batalha espiritual, não é mesmo? Parece que o próprio Satanás, em pessoa, está ao nosso derredor com sua presença maligna, oprimindo-nos, lançando pensamentos de desgraça e desesperança em nossas mentes, sentimos dores pelo corpo e um esgotamento na alma que nenhuma música, por mais ungida que seja, pode nos encher.

Nestes dias, não há o que fazer, senão nos sujeitarmos a Deus, nos humilharmos sob sua poderosa mão para recebermos Dele direção, força, consolação. I Pe 5;6; Tg 4:7.

Tem sido assim comigo. Às vezes, vivo situações que me oprimem de tal maneira, que a única coisa que consigo fazer é chegar diante do Pai e dizer um SOCORRO bem sonoro!

Glória a Deus, porque o Seu Doce Espírito Santo habita em nós, para, nessas horas, nos ensinar o que fazer.

Outro dia, vivendo uma dessas situações de afronta do nosso adversário, eu simplesmente gritei por socorro e o que eu ouvi foi: “Antes do diabo fazer raiva em você, faça raiva nele obedecendo à Palavra”. Foi uma revelação!!! Com esta simples frase, o Senhor me ensinou o que Ele quis dizer com “pois não é contra carne e sangue que temos que lutar, mas sim contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes do mundo destas trevas, contra as hostes espirituais da iniqüidade nas regiões celestes.” Ef 6:12.

A expressão hostes espirituais da iniqüidade traduz-se por hostes espirituais do pecado, pois um dos significados da palavra iniqüidade, segundo o dicionário é pecado.

Nossa luta não é contra as pessoas, mas contra àquele que, infelizmente, encontram nelas uma brecha para serem usadas como instrumento para nos levar ao pecado. É isso mesmo: o objetivo de Satanás é nos levar a pecar, e para isto, ele usa pessoas.

A única maneira de vencermos o pecado é OBEDECENDO à Palavra de Deus. Quando alguém nos irritar, sejamos longânimos; quando nos magoar, perdoemos; quando nos fizer mal, façamos o bem. Assim também, quando vierem com palavras de derrota, nos apeguemos à realidade de que o Deus que servimos se chama Senhor dos Exércitos; quando tentarem nos humilhar, dizendo que não temos valor, nos firmemos na promessa de que somos filhos de Deus, Igreja do Deus vivo, pedras vivas, casa espiritual para sermos sacerdócio santo, para oferecermos sacrifícios espirituais, aceitáveis e agradáveis a Deus. I Pe 2:5,9.

Devemos nos lembrar da promessa de Jesus feita a Pedro: As portas do inferno não vão prevalecer contra a Igreja. Para elas não prevalecerem, devemos nos firmar na afirmação de Pedro a Jesus: Tu és o Cristo, o filho do Deus vivo.

Jesus é o único responsável pela nossa vitória contra Satanás, quando nos firmamos na totalidade da sua obra na cruz por nossas vidas, o que está reservado para o inimigo é a sola dos nossos pés.

Ser mais que vencedor é isto, é encontrar na voz do Espírito Santo, a direção para as nossas atitudes e ações, isto é, obedecer à Palavra e vencer às tentações. A espada do Espírito é a Palavra de Deus e a forma de manuseá-la bem é obedecendo-a.

 Que o Espírito Santo te revista, meu irmão, de unção e poder, não para afrontar Satanás com coreografias espirituais, mas com a verdadeira música do céu: a obediência ao Senhor.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: