Coisas de Naele

A graça no silêncio

Posted on: 29/02/2008

A GRAÇA NO SILÊNCIO Estava meditando sobre o tanto que nos agitamos pra lá e pra cá com tantas coisas e como temos a tendência de tentar resolver tudo sozinhos, abraçar o mundo, tentar resolver com nossas palavras e ações os problemas que nos cercam. Fico observando como, que às vezes, somos literalmente chatos “evangelizando” as pessoas, insistindo a cada encontro com a pessoa, em falar algum versículo, contar um relato bíblico, descrever pela milionésima vez nosso testemunho de como Jesus mudou nossa história e nos esquecemos que quem dá o crescimento à semente lançada no coração das pessoas é Deus. Achamos que repetindo várias e várias vezes, de repente a pessoa vai se converter e se render a Jesus. Simplesmente esquecemos que quem convence é o Espírito Santo. A verdade é que somos cooperadores de Deus e dependentes da ação do Espírito Santo. Lendo a história, ou uma pequena porção da história de Elias, Deus me ilustrou esta questão. Após ter multiplicado a farinha e o azeite das botijas da viúva de Sarepta, ter profetizado a chuva, dito a palavra de juízo ao rei Acabe e aniquilado os profetas de Baal, Elias se escondeu numa caverna depois de ter recebido a ameaça de morte de Jezabel. Me coloquei no lugar do profeta, a fim de tentar entender o que se passava em sua mente naquele buraco escuro. Que turbilhão de informações, imagens, sensações e emoções deveria estar rodopiando na mente daquele homem. Imagine: depois de ouvir, testemunhar e profetizar o poder de Deus, esse homem tinha toda razão em se considerar o grande homem intocável de Deus. Mas ante a ameaça tremeu. Por quê? Porque percebeu sua fragilidade como homem e sua impotência para conduzir na própria força os negócios de Deus. Observe sua fala nos versos 10 e 14 do capítulo 19 de I Reis: 10 – E ele disse: Tenho sido muito zeloso pelo SENHOR Deus dos Exércitos, porque os filhos de Israel deixaram a tua aliança, derrubaram os teus altares, e mataram os teus profetas à espada, e só eu fiquei, e buscam a minha vida para ma tirarem. 14 – E ele disse: Eu tenho sido em extremo zeloso pelo SENHOR Deus dos Exércitos, porque os filhos de Israel deixaram a tua aliança, derrubaram os teus altares, e mataram os teus profetas à espada, e só eu fiquei; e buscam a minha vida para ma tirarem. Dá para ver perfeitamente que ele se sentia na “crista da onda”, trocando em miúdos: “Estou no topo do mundo.”E é aí que Deus se revela a Elias, manipulando o vento, a terra e o fogo querendo demonstrar a ele que: ELE  é o grande EU SOU, que pode fazer o que quiser, como quiser e quando quiser.Entretanto, valoriza o profeta ao comissioná-lo para ungir os reis e o seu sucessor, porém faz isso num cicio (dic.: rumor brando, sussurro, murmúrio de palavras pronunciadas em voz baixa). Ou seja, o profeta realmente tinha seu lugar naquela obra, mas tinha que ficar em silêncio, acalmar o ânimo, “baixar a bola” para receber a direção do Senhor. O Espírito Santo não grita para se fazer ouvido. Pelo contrário, é Ele quem se silencia enquanto gritamos, nos agitamos, fazemos mil planos…porém, uma vez esgotadas nossas forças (porque uma hora elas se esgotarão e entraremos na caverna) Ele falará. Ou melhor, sussurrará aos nossos corações o que fazer.  Mateus registrou uma fala de Jesus sobre isso, capítulo 7 de seu evangelho: Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas? E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade. (grifo meu) A questão não está no que fazemos, mas no que somos. O Senhor quer nos conhecer, se relacionar conosco. Não importa quantas coisas fazemos para Ele, mas o quanto O conhecemos na intimidade. A palavra intimidade nos remete à quietude e à paz. A graça está no silêncio.  

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: