Coisas de Naele

Archive for março 2008

Eu fui e foi tremendo. As palavras abaixo resumem o que foram para mim esses 4 dias de Congresso. O Senhor me deu esse texto no último dia, um pouco antes da ministração da Ana Paula.

Jo 2:10,11 “e lhe disse: Todos costumam pôr primeiro o bom vinho e, quando já beberam fartamente, servem o inferior; tu, porém, guardaste o bom vinho até agora. Com este, deu Jesus princípio a seus sinais em Caná da Galiléia; manifestou a sua glória, e os seus discípulos creram nele.” Está só começando! O melhor da festa de Deus é o final. “Melhor é o fim das coisas do que o seu princípio.” Ec 7:8a. Agora é que vão se iniciar os sinais de Deus; agora que Ele vai manifestar a sua glória; é neste tempo que creremos que Ele é quem faz todas as coisas!O melhor de Deus ainda está por vir. O melhor de Deus está fora das portas deste Congresso!Mt 9:16,17 “Ninguém põe remendo de pano novo em vestido velho; porque o remendo tira parte do vestido, e fica maior a rotura. Nem se põe vinho novo em odres velhos; do contrário, rompem-se os odres, derrama-se o vinho, e os odres se perdem. Mas põe-se vinho novo em odres novos, e ambos se conservam.”Durante muito tempo colocamos remendos em nós, tentando esconder os buracos dos nossos corações e o estrago era muito maior. Nossas tentativas inúteis de tentar melhorar só nos frustam. Mas o Senhor separou estes dias de Congresso para nos revelar o quanto estávamos esburacados, rotos, estragados, isto é, odres perdidos.E às vezes até íamos à igreja na tentativa de receber vinho novo, mas ele não se conservava, porque não tinha onde ficar. Vazava todo e se perdia.Mas, novamente, o nosso Pai de amor nos revelou seu caráter, sua face, sua glória, sua majestade e nos curou e nos sarou a fim d que fôssemos odres novos e o vinho se conservasse em nós.Nesses dias, Deus nos fez novas criaturas (II Co 5:15,17) e novos odres a fim que nos conservemos Nele e Ele em nós através da intimidade.O mais interessante na comparação que o Senhor faz com os odres é que no final diz: ambos se conservam. O desejo de Deus é se conservar em nós e também o nosso desejo é se conservar Nele, porque a nova criatura quer permanecer como está.Deus, te amo pelo que fez em mim e te agradeço pelo que fez nos meus irmãos nesses dias.Amém! 342.jpg

Anúncios

“Rugiu o leão, quem não temerá? Falou o Senhor DEUS, quem não profetizará?” Amós 3:8

leao-2.jpg

Esperança só é esperança quando não se afunda em certezas. Quando há bases seguras, “científicas”, para as nossas projeções desejantes, temos otimismo. Esperança é quando nós esperamos apesar das nossas incertezas, apesar das atuais condições humanas e sociais que não nos dão garantia da possibilidade de realização dos nossos desejos. Alguém é otimista por causa de, enquanto que nós temos esperança apesar de. Por isso, Horkheimer disse que “a esperança de que o horror deste mundo não tenha a última palavra é com toda certeza um desejo não científico“.

Hugo Assman e Jung Mo Sung em “Competência e sensibilidade solidária – educar para a esperança” – Editora Vozes, p.103.

leao.jpg

Na obra de Deus, fundamental não é fazer o que é preciso fazer, mas fazer o que é certo.

Estar no centro da vontade de Deus é amar e obedecer Seus mandamentos. Estar no centro absoluto da vontade de Deus é estar sintonizado com a Sua voz e fazer exatamente aquilo que está em Seu coração.

O exemplo de Moisés

Após a saída do Egito, era preciso ensinar ao povo como adorar e servir a Deus. Moisés já tinha vivido experiências tais com o Senhor, que certamente lhe dariam respaldo para ministrar ao povo como se comportar diante Dele. Porém, para isto, era imprescindível uma revelação do Pai daquilo que Ele tinha em mente para seu povo. O Tabernáculo é um exemplo. Moisés era um homem instruído e sábio e poderia ele mesmo ter construído um templo para a adoração, porém, Deus tinha o arquétipo perfeito em mente.

Assim somos nós; também somos dotados de inteligência e sabedoria para fazermos muitas coisas que realmente são necessárias na obra de Deus. Porém, não são as certas, não são os arquétipos perfeitos de Deus.

Devemos pregar o evangelho no Timor Leste, porque é necessário. Mas se a vontade do coração de Deus é que preguemos o evangelho para o vizinho da nossa rua, isto é o certo a ser feito.

A intimidade com o Espírito Santo é fundamental para que o nosso coração esteja em perfeita sintonia com o coração de Deus.

“Não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.” Rm 12:2

“Mas, como está escrito: As coisas que o olho não viu, e o ouvido não ouviu, e não subiram ao coração do homem, são as que Deus preparou para os que o amam. Mas Deus no-las revelou pelo seu Espírito; porque o Espírito penetra todas as coisas, ainda as profundezas de Deus.” I Co 2:9,10